All for Joomla All for Webmasters

Fernando de Noronha para todos os bolsos
Destaque

10 Maio 2019
(0 votos)
Autor :   Marjorie Farias
Morro 2 irmãos

É possível visitar Fernando de Noronha sem medo de voltar falido? Simmm, o refúgio da flora e fauna do nosso país tem programas e atrações que cabem em todos os bolsos. Leia a matéria e vai perceber que é sim possível incluir o arquipélago na sua lista de viagens.

Ah Noronha... finalmente conhecemos esse lugar tão apaixonante! Era um sonho de destino, que conseguiu superar todas as nossas expectativas. A ilha possui algo diferente, uma magia inexplicável que só quem conhece entende! 

Aqui você vai encontrar todas as dicas sobre esse arquipélago, tudo que você precisa saber para organizar sua viagem, preços, taxas obrigatórias, melhor época para ir e várias dicas, incluindo dicas de como economizar também! Tenho certeza que você vai querer colocar esse destino na sua listinha de prioridades no final desse post ;)

 

Mas o que você deve estar pensando é: “afinal, quanto custa viajar pra Noronha?!” Todo mundo sabe que apesar de ser um destino nacional é um dos destinos mais caros do Brasil. Não vou negar, nem iludir ninguém dizendo que é tudo baratinho... não é! E da pra entender o porquê, já que tudo que é consumido na ilha vem do continente (de navio ou avião) e isso faz, logicamente, os custos aumentarem. Além de ser um lugar de preservação, por isso existe a TPA (vou explicar melhor mais adiante).

Apesar de ser um destino caro, há formas de economizar e, além do mais, tenho certeza que esse paraíso vai fazer valer cada centavo gasto. Não vi ninguém lá arrependido de ter ido, pelo contrário, todas as pessoas que eu conheço que já foram tem vontade de voltar.

E o que dizer dos moradores de Fernando de Noronha?! Ah! Esses, além de serem muito abençoados, são super simpáticos tb. Ô povo hospitaleiro! 

 

O que você vai encontrar neste post:

 

  • Localização da Ilha
  • Um pouco de História
  • Como Chegar
  • Quando ir
  • Quantos dias ficar 
  • O que fazer 
  • Como se locomover
  • O que visitar
  • Como fazer agendamento de Trilhas
  • Trilhas que precisam agendar
  • Dicas de Restaurantes 
  • Onde se hospedar
  • Alguns Cuidados Importantes na Ilha

 

Localização

Fernando de Noronha na verdade é um arquipélago formado por 21 ilhas de origem vulcânica, mas apenas a ilha principal (única habitada) e a ilha de São José podem ser visitadas.  O arquipélago pertence ao estado de Pernambuco (545 km de Recife), apesar de estar mais próximo do Rio Grande do Norte (360 Km de Natal). Fuso Horário: devido à posição geográfica, Fernando de Noronha normalmente está uma hora adiantado do horário de Brasília, mas por causa do horário de verão (Pernambuco não adota horário de verão) em alguns meses do ano Noronha fica no mesma hora de Brasília.

 

Um pouco de História 

Segundo registros, o arquipélago foi descoberto em 1503 por um navegador Italiano, pouco tempo depois foi doado ao português Fernão de Loronha e convertida na primeira capitania hereditária do Brasil. 

Situada em um ponto vulnerável, na rota das grandes navegações que cruzavam o oceano rumo à América do Sul, Fernando de Noronha ficou abandonada durante mais de 200 anos.  Neste período, foi ocupada por diferentes povos como ingleses, holandeses e franceses. Para impedir que o lugar continuasse a ser invadido, Portugal optou em 1737 pela ocupação definitiva da ilha através da Capitania de Pernambuco. Foi construído então o maior sistema fortificado do século XVIII no Brasil, composto por dez fortalezas, entre elas a de Nossa Senhora dos Remédios. Nessa época, o arquipélago foi transformado em presídio e foram  os presidiários que ergueram todo o patrimônio edificado e sistema viário. 

Durante muitos anos o arquipélago sofreu um desmatamento desenfreado, alterando o clima e prejudicando o meio ambiente local. 

Resumindo um pouco.... em 1988 Fernando de Noronha foi reintegrado ao estado de Pernambuco e em uma área de 26 km2, foi criado o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (Parnamar / FN). Treze anos depois, em 2001, o arquipélago ganhou o título de Patrimônio Natural da Humanidade, concedido pela Unesco.

Depois de mais de 5 séculos desde sua descoberta, Fernando de Noronha ainda guarda vestígios do passado nas diversas construções históricas que permanecem de pé. Andar pelas ruas da vila pode se transformar em um agradável passeio por diferentes períodos da história.

Vale a pena conferir a Igreja Nossa Senhora dos Remédios, principal templo católico da ilha. Tombada pelo Iphan em 1981, esta construção, que data de 1772, levou 32 anos para ser totalmente concluída. 

 

Como Chegar

A única forma de chegar é de avião e todos os vôos saem de Recife ou Natal, da Gol ou Azul. Isso significa que se você sair do Rio de Janeiro ou de outro Estado do Brasil, obrigatoriamente, terá que fazer conexão em Recife (maioria dos casos) ou Natal.  

 WhatsApp Image 2019 06 10 at 22.40.41 (1)

 

Sobre as Taxas

Assim que chegar no aeroporto você vai precisar apresentar o comprovante de pagamento da TPA (Taxa de Preservação Ambiental), ou pode pagar ali na hora mesmo após preencher um formulário. 

Dica: a gente aconselha já pagar com antecedência pra não perder muito tempo ali na chegada, aposto que você vai estar bem ansioso e não vai querer perder muito tempo com isso, né!

Clique aqui para acessar o formulário e gerar o boleto, faça o pagamento online e leve o boleto e o comprovante de pagamento impressos. O ideal é fazer o pagamento com pelo menos uns 3 dias de antecedência para não correr o risco de o pagamento ainda não ter compensado quando chegar ao aeroporto.

O valor da TPA varia de acordo com os dias de permanência na ilha. Para um dia o valor é R$73,52 por pessoa e para 10 dias R$626,37, conforme a tabela. (valores de Fevereiro/2019)

 WhatsApp Image 2019 06 10 at 22.40.41

 

 

Acesso ao Parque Nacional Marinho

Algumas atrações de Fernando de Noronha ficam dentro do Parque Nacional Marinho e é necessário fazer uma carteirinha para acessar as áreas do parque. O valor do ingresso é de R$ 106,00 para brasileiros e R$ 212,00 para estrangeiros. Este ingresso é válido por 10 dias corridos, não importando quantos dias você vai permanecer na ilha. Várias praias famosas ficam dentro do parque, como por exemplo baía do Sancho, baía  do Sueste, praia do Leão, Atalaia, São José... tem até catraca para acessar essas áreas. Por isso é importante fazer a carteirinha. A venda do ingresso está disponível em 3 locais: no Centro de Visitantes do ICMBIO de 8hs às 22hs (ao lado do Projeto Tamar, próximo ao aeroporto), na Praia do Sancho ou na Praia do Sueste.  Você pode pagar e retirar pessoalmente ou pode comprar o ingresso online, e levar voucher impresso para  retirar a carteirinha lá. Normalmente não tem fila, é super tranquilo. Menores de 12 anos e brasileiros maiores de 60 anos não pagam, mas é necessário fazer o cadastro e retirar a carteirinha.

 

 auto

Quando ir

Decidir quando ir para Fernando de Noronha não é tão simples, isso porque a ilha pode mudar completamente de uma época pra outra, apesar de ser linda o ano inteiro. Há basicamente duas estações: uma seca, de setembro a março, e outra chuvosa, de abril a julho (com chuvas esporádicas e sol intenso). De dezembro a abril o mar fica mais agitado e venta bastante. Se você gosta de pegar ondas, a melhor época é janeiro e fevereiro. Na cacimba do Padre as ondas podem chegar até 5 metros de altura e rola até campeonato de surf por lá. De agosto a outubro é ótimo para mergulho pois o mar fica calmo com água cristalina e visibilidade de até 50 metros em baixo da água. Nessa época é fácil encontrar piscininhas naturais por toda a parte.  Nós fomos em janeiro, pegamos dias lindos com um pouco de chuva, curtimos muito, mas queremos voltar em breve em agosto/setembro pra conhecer a ilha de uma outra forma.  Agora, de março a junho é baixa temporada e ideal pra conseguir preços mais baixos (dizem que chegam a cair até 30%) e várias promoções.

 

Quantos dias ficar 

Pensando racionalmente, a gente indica ficar no mínimo 5 dias pra poder conhecer tudo tranquilo sem muita correria. Agora se me pedir pra ser sincera, acho 10 dias até pouco hehehe. Nós ficamos 10 dias e se pudesse eu ficaria mais! Rs

 

O que fazer 

Quais passeios fazer? Quais as praias imperdíveis? Quais trilhas fazer? Quais trilhas tem que agendar? Vamos explicar tudo nos detalhes!

 

ILHA TOUR

Bom, muita gente indica fazer o “ILHA TOUR” logo no primeiro dia. Esse passeio é feito por várias empresas na ilha, pode ser de buggy ou de carro 4x4. Nesse passeio o guia leva o grupo em várias praias, mirantes.... passa nos principais pontos turísticos da ilha, contando um pouco da história. O bom de fazer no primeiro dia é porque você tem uma noção geral da ilha, conhece os principais pontos e depois nos outros dias pode voltar com calma nos lugares que mais gostou. Como íamos ficar 10 dias lá, optamos por não fazer... preferimos alugar um buggy e conhecer a ilha com mais calma, por conta prórpria. Mas pra quem gosta desse tipo de passeio e tem menos tempo pra ficar, eu super indico!

Valores: cerca de R$200 a R$250 por pessoa. Agora se fechar outros passeios com a mesma empresa pode conseguir um desconto melhor.

 

PASSEIOS DE BARCO

Na minha opinião, é aquele passeio que não pode deixar de fazer. Existem vários tipos de passeios de barco e com preços variados, tem passeios de 3 horas, tem outros que duram o dia inteiro com almoço incluído. E tem até opção de contratar um barco privativo. O que a gente mais indicia é, independente do barco, fazer o passeio na parte da manhã porque é parte do dia mais fácil pra ver golfinhos. Eles nadam bem pertinho do barco e se você tiver sorte darão um show. É lindo demais, fiquei muito emocionada de ver tantos golfinhos juntos e tão pertinho da gente nadando no seu habitat natural, como deve ser. Além de ver muitos golfinhos, é possível ver a ilha de outro ângulo e ainda passar pertinho do morro Dois Irmãos.

Nós fizemos com a embarcação Happy Days, escolhemos essa opção porque não era muito lotada, foram no máximo umas 15 pessoas, tem outras embarcações que chegam a levar umas 100 pessoas. Nessa que fizemos, não tem almoço nem bebida incluída, mas quem quiser pode levar sua bebida. 

O barco sai da praia do Porto e vai até a ponta da Sapata, dá uma meia volta na ilha, depois tem uma parada no Sancho para mergulho por cerca de uma hora. No final, ainda há a opção de fazer o plana-sub, aquela pranchinha que vai sendo puxada pelo barco enquanto faz snorkel.

A maioria dos barcos privativos não entra na área do parque, só vão até a Cacimba do Padre (próximo do morro dois irmãos). Então sempre bom pesquisar e perguntar antes.

Quando estávamos lá, descobrimos que tem um passeio que dá uma volta completa na ilha (pela embarcação Trovão dos Mares), mas isso acontece uma ou duas vezes por ano, porque depende do nível das ondas no mar de fora. Então é bom consultar quando chegar, pra saber se vai ter sorte nos dias que estiver na ilha e conseguir fazer esse passeio. 

Valores dos passeios de barco: R$150 a 270 por pessoa

Barco privativo: R$700 a R$1300 (com até 8 pessoas)

 

  • foto21
  • foto22
  • foto23
  • foto24
  • foto25
  • foto26
  • foto27
  • foto28
  • foto29
  • foto30
  • foto31
  • foto32
  • foto21
  • foto22
  • foto23
  • foto24
  • foto25
  • foto26
  • foto27
  • foto28
  • foto29
  • foto30
  • foto31
  • foto32
 

 

Como se locomover

A melhor opção para se locomover em Noronha é de buggy, apesar de não ser a mais econômica. A ilha é pequena, contudo o acesso a algumas praias é por estradas de terra com pedras e muitos buracos. Além do conforto, estar motorizado economiza tempo: dá pra conhecer vários pontos num dia só. A dica é dividir com outros amigos, como nós fizemos, pra não ficar tão caro. Alugamos por 2 dias e foi suficiente pra rodar a ilha toda e conhecer os principais pontos. Nos outros dias voltamos com mais calma nos lugares que mais gostamos, usando táxi (média da corrida R$30).

Aluguel do Buggy: R$260 a R$300 a diária.

Pra quem quiser mais conforto, também é possível alugar carro. O aluguel de um carro 4x4 sai por cerca de R$450 a R$500 a diária.

Pra quem tem carteira de moto, também é uma ótima opção e mais econômica se estiver sozinho ou em 2 pessoas. 

Diária da moto: R$120/130

Outra opção ainda mais econômica é alugar uma bike, pra quem tá acostumado e tem condicionamento.

Diária da bike: R$50

Agora, se quiser ECONOMIZAR de verdade, não é necessário alugar NA-DA!!! Na ilha tem ônibus que circula em duas direções da praia do Porto até o Sueste e custa R$ 5,00. Porém ele só circula na BR, então você terá que andar um pouquinho para chegar nas praias.⠀

 

 IMG 1798

 

O que visitar

 

Cacimba do Padre / Baía dos Porcos 

 

Da para visitar esses dois pontos numa tacada só! Mas uma dica importante é sempre verificar a tábua de maré antes, várias praias e pontos turísticos dependem da maré baixa, como por exemplo a Baía dos Porcos. 

IMG 1734

 

Se você estiver de buggy ou carro vai ter que estacionar na entrada da praia Cacimba Do Padre. Quando pisar na praia  já vai ver o morro Dois Irmãos bem na sua frente.

Para a Baía dos Porcos é só ir caminhando em direção ao canto esquerdo (direção do morro Dois Irmãos), na maré baixa da pra passar pela areia e depois subir uma escada que dá acesso a uma pequena trilha para sair na Baía dos Porcos. Se a maré estiver um pouco mais alta, você não vai ver a faixa de areia mas tem como passar pelas pedras. 

Super dica: levar a sapatilha de neoprene, facilita muito. Se não tiver ou não levar, dá pra comprar lá na ilha... vi uma lojinha na praia do Porto que vendia por uns R$30-R$40.

Após subir a “escadinha” e desviar para direita você vai sair em um mirante que fica de cara para o morro Dois Irmãos, não é aquele mirante mais famoso não... mas vai por mim, a vista é imperdível, ficamos mais ou menos uma hora ali tirando várias fotos, de todos os ângulos possíveis! Rs Também vi várias pessoas fazendo seção de fotos com fotógrafo profissional. Fica a dica para quem se interessar....

112

Depois de fazer um book de fotos, desça em direção à Baía dos Porcos. Se a maré tiver baixa e não for época das ondas, você vai ver várias piscinas se formando ali. Ótimo lugar para mergulhar e fazer snorkel.

No canto esquerdo tem uma piscina natural azul, linda demais! Mas atenção, por motivos de preservação, não é permitido entrar nem andar nela, é só pra contemplação mesmo. Nas pedras que ficam no canto esquerdo tem mais uma vista espetacular do morro Dois Irmãos que rende mais um milhão de fotos.

 IMG 3116

Depois de curtir um pouco esse paraíso, cuidado na hora de voltar. Se a maré encher muito, o caminho pela areia pode ter sido tomado pelo mar, e terá que passar por uma parede de pedra que sai na Cacimba do Padre... quando fomos na primeira vez tivemos que passar por essa pedra, porque a maré já estava bem cheia... mas foi tranquilo, não é nada muito difícil não....

Na volta, se tiver tempo, você pode aproveitar pra relaxar na Cacimba do Padre ou ir caminhando pela areia até a praia do Bode (se a maré tiver baixa). No canto direito da praia do bode tem outra piscina natural ótima também (sou a louca das piscinas naturais rsrs)

Na Cacimba tem cadeira e barraca pra alugar (R$50 a barraca com 2 cadeiras) e restaurantes.

IMG 4016 

Alugamos a barraca com o Hebert da barraca “Cacimbando”, super indico pra quem quiser ficar relaxando ali. Ele tem cerveja e busca o que você quiser nos restaurantes e te serve ali mesmo na praia.

Na praia do bode (que fica do lado da Cacimba) já não tem nenhuma estrutura. Se quiser ficar por ali o ideal é levar o que for consumir. Só não se esqueça de levar embora com você todo seu lixo, preservar o meio ambiente é dever de todo visitante e a natureza agradece. 

Dica: Na praia do Bode tem uma vista linda do sol se pondo próximo ao morro Dois Irmãos.

 

Praia do Americano 

 É uma prainha que fica entre a praia do Bode e do Boldró, é uma praia mais deserta porque o acesso é mais difícil.

 

Praia do Boldró

Outra praia queridinha dos surfistas durante as épocas de ondas altas (dezembro a fevereiro). Tem um bar/restaurante na praia pra quem quiser consumir algo.

 

Mirante do Boldró 

Fica no caminho da praia do Boldró e tem outra bela vista do morro dois irmãos e das praias: Cacimba do Padre, Bode, Americano. Outro lugar bom pra assistir o pôr do sol.

 IMG 2367

 

Baía do Sancho / Mirante do Sancho / Mirante Dois Irmãos / Mirante dos Gofinhos 

Esses quatro pontos podem ser visitados de uma vez só. Para ter acesso a esses lugares é preciso passar pela catraca do Parque, mediante apresentação da carteirinha. Eles estão dentro do PARNAMAR que tem estrutura com banheiros, chuveiros, guarda volumes, lanchonete e lojinha de souvenir. As atrações são interligadas por passarelas feitas com plástico reciclável, bem tranquilo de caminhar nem dá pra dizer que são “trilhas”. 

IMG 1943

Após caminhar alguns metros você já vai avistar a Baía do Sancho de cima. Essa praia já foi eleita a mais bonita do mundo 3 vezes pelo TripAdvisor, e quando chegar lá você vai entender o porquê. De fato a praia é muito linda, aquela água azul turquesa cristalina, cercada de paredões rochosos e muita vida marinha. Lá de cima conseguimos ver uma raia nadando bem próximo à areia, é uma emoção apreciar essa vista. 

IMG 1809

Dica: levar snorkel. Se não tiver, pode alugar na lojinha da entrada (R$10/dia).

Antes de descer na praia, sugiro ir primeiro no mirante mais famoso da ilha. É só seguir a passarela à direita que você vai sair naquele mirante com a vista do morro Dois Irmãos e a Baía dos Porcos. É lá que tem aquele tronco caído que chega a fazer fila pra tirar foto.

111

A vista é espetacular, se tiver sol a água fica verde esmeralda e cristalina! Um dos lugares mais lindos que já vi, não é à toa que é o cartão postal mais famoso de Fernando de Noronha. Aproveite para tirar um milhão de fotos ali.

Depois de apreciar bastante esse paraíso, volte pelo mesmo caminho.

Para acessar a praia tem que descer uma escadinha fincada entre as rochas, bem estreita. Quando eu vi achei que não fosse conseguir descer (sou meio claustrofóbica), mas deu pra descer numa boa, apesar do caminho ser estreitinho é bem rápido. Como só tem essa escada pra descer e subir, há pouco tempo foi estabelecido horários de descida e subida. Se vc chegar no horário de subida, terá que esperar o horário certo pra descer. Tem voluntários do parque que ficam organizando a fila e orientando pra não ter confusão. Outra forma de acessar a praia é vindo de barco, só que eles param a uma certa distância e basta nadar um pouquinho pra chegar na areia.

 IMG 1890

 

Praia do Sueste 

Apesar de ficar no “mar de fora” (virado para o oceano e não para o continente), essa praia (ou baía) possui o mar bem calmo, devido a barreira de corais que protege a baía. A praia fica dentro do Parque, tb requer a apresentação do ingresso. 

O mar azul turquesa é cheio de tartarugas, tubarões e peixes. Ótimo pra fazer snorkel, mas é obrigatório o uso do colete que vc pode alugar ali mesmo na lojinha da entrada. É outro ponto do parque com uma boa estrutura, ali alugam tudo: snorkel, nadadeiras, coletes, cadeira e guarda sol. Ali você também pode contratar guias que te levam nos melhores lugares  da praia para fazer snorkel, mas não é obrigatório!

IMG 2545

Fomos andando até o canto esquerdo e vimos inúmeros tubarões nadando bem no rasinho. 

IMG 2566

 

Praia do Leão 

Fica próximo da praia do Sueste. Também faz parte da área do Parque Nacional Marinho, ou seja precisa da carteirinha pra acessar. Já na chegada tem um mirante com uma vista linda. É uma praia com grande extensão de areia e fica virado para o mar de fora. Não tem nenhuma estrutura na areia, somente no PIC que fica na entrada tem banheiros e lanchonete. 

Quando visitamos essa praia, já era final de tarde e vimos um tubarão (de médio porte, não era daqueles filhotinhos não) bem próximo da areia. 

 

Praia da Conceição 

Essa é a praia com mais  infraestrutura de Noronha. Fica bem perto da Vila dos Remédios (centrinho da ilha) e possui vários bares/restaurantes e aluguel de barraca e cadeira.

Valores: R$40 a R$80 (1 guarda sol com 2 cadeiras)

 pr

A praia tem uma bela vista do morro do pico à esquerda e no canto direito fica o Bar do Meio, um dos lugares mais badalados para ver o pôr do sol. Adoramos passar o dia nessa praia curtindo e relaxando.

IMG 3876

Praia do Cachorro

É a praia mais próxima da Vila dos Remédios. É uma praia linda também... mas não é muito boa para banho porque tem muitas pedras. 

A praia fica bem movimentada mais por causa do famoso buraco do Galego (fica no canto direito da praia), que é uma piscininha natural que se forma na MARÉ BAIXA (como já falei aqui, a importância de consultar a tábua de maré antes) e rende várias fotos espetaculares com o morro do pico ao fundo. Esse buraco ficou mais famoso depois que Bruna Marquezine e Neymar tiraram fotos ali. As pessoas pulam de cima das pedras dentro do buraco.

IMG 3843

 

Praia do Porto

É de lá que saem os passeios de barco e os passeios para quem vai fazer mergulho. Mas a praia também é ótima para fazer snorkel. Da areia mesmo a gente já consegue ver tubarões no rasinho, tartarugas e uma infinidade de peixes. Ali tem algumas lojas que alugam material de mergulho, coletes e até GoPro. 

Uma dica para quem não levar snorkel: na lojinha em frente ao Porto tem uma “promoção” se alugar snorkel por 4 dias só paga por 3 e eles buscam depois no hotel, ou seja sai por R$30, mais em conta que se for alugar todo dia, já que o aluguel em qualquer lugar da ilha é R$10/dia.

É nessa praia que fica o restaurante Mergulhão, um dos mais famosos da ilha.

Na época que estávamos lá, às segundas e quintas, o Projeto Tamar fazia uma captura científica de tartarugas na Praia do Porto e explicam para os visitantes sobre o acompanhamento das tartarugas, fazem pesagem e medição delas e depois devolvem ao mar, achei bem interessante. Mas é bom se informar previamente no centro de visitantes, porque o horário e local podem variar. 

 

Vila dos Remédios

É o centrinho da ilha. Lá você encontra restaurantes, bares, agências de passeios, farmácias, mercadinhos, padaria, lojinhas de roupa, souvenir, gelateria, ponto de táxi e uma agência do Banco Santander (tb tem uma agência do Bradesco na Vila dos Trinta). Vale a pena dar uma volta pela vila e visitar a famosa Igreja de Nossa Senhora dos Remédios e as ruínas do Forte dos Remédios. De cima do Forte há uma bela vista da ilha e do sol se pondo atrás do morro do Pico.

 

120

 

Museu dos Tubarões

Além de ser um lugar bacana para conhecer um pouco mais sobre a vida deles, tem uma área que funciona como restaurante com lindo visual. No restaurante há opções de moquecas e outros pratos com frutos do mar, mas a atração principal é o bolinho de tubalhau - feito com mandioca e carne de tubarão, não experimentamos, mas dizem que é bem gostoso.

O Museu tem esculturas ao ar livre, ótimas para tirar algumas fotos, e uma lojinha com diversos souvenirs.

IMG 2602

 

Capela de São Pedro

Quando estiver no Museu dos Tubarões, não deixe de visitar essa capela que fica bem próximo. Com uma fachada branca e simples traz uma sensação de simplicidade e romantismo. Tem uma visão 360 da ilha espetacular também.

 IMG 2675

 

Como fazer agendamento de Trilhas

Algumas atrações de Noronha que ficam dentro do PARNAMAR, precisam ser agendadas previamente no Centro de visitantes do ICMBIO. Devido a motivos de preservação esses lugares possuem um controle mais rigoroso do número de visitantes por dia, por isso a necessidade de agendamento. O agendamento só pode ser feito pessoalmente e de posse de seu ingresso ao parque, no núcleo de visitantes das 17hs às 20hs. Porém, dependendo da época, a procura por algumas trilhas pode ser grande, e por isso sugiro se organizar para ir logo no primeiro dia, caso faça muita questão de fazer essas trilhas.

Obs: Até o ano passado (2018) os guias podiam agendar as trilhas para os turistas que os contratassem, em 2019 o ICMBio proibiu a ação tendo que o próprio turista agendar suas trilhas no posto.

Aqui vão algumas informações sobre o agendamento:

- A partir das 15h30 começa a distribuição de senha para o agendamento no Auditório do projeto TAMAR, após pegar a senha você não precisa ficar aguardando lá, pode sair e só retornar às 16:30;

- Às 16h30 há uma palestra sobre os atrativos agendados com um Guarda- Parque e algumas orientações gerais sobre as regras no PARNAMAR;

- Às 17h00 começa o agendamento pela sequência das senhas distribuídas;

- Geralmente, na porta da sala de agendamento fica uma lista com as vagas disponíveis de cada trilha para os próximos 6 dias, sugiro verificar a disponibilidade antes.

IMG 3405

IMG 3456

 

Trilhas que precisam agendar

As trilhas que precisam ser agendadas são:

 

Atalaia Curta

A piscina natural mais procurada. Apenas 96 visitantes por dia tem acesso, e isso pode variar conforme a maré e o assoreamento da piscina. A visibilidade impressiona, é cheia de corais, tubarões e uma enorme variedade de peixes.

A trilha é bem tranquila (900m) e dura de 20 a 30 minutos ida, na piscina só pode permanecer 30 minutos mergulhando, então ao todo dura 1 hora e meia. A praia é bem linda também com a vista da pedra do frade ao fundo, vale a pena só pela vista.

Há algumas regras importantes a serem observadas: 

  • É obrigatório o uso de coletes, porque não pode pisar nos corais (dá pra alugar lá mesmo por R$10);
  • Proibido usar protetor solar e repelente, porque esses produtos matam os corais;                        
  • Importante observar o horário agendado, porque a trilha iniciará no horário marcado;
  • Não se esqueça de levar o comprovante de agendamento, ou tire uma foto para garantir;
  • Leve água, nas trilhas não há nenhuma estrutura.

Dica: Para essa trilha não precisa ir de tênis (a sapatilha de neoprene é ideal). Para as outras trilhas já é aconselhável o tênis, chapéu e aquelas blusas de proteção UV para se proteger do sol, já que não pode usar protetor solar.

Acabamos indo 2 vezes na Atalaia. É linda demais, vale a pena.

 

IMG 2446

541e4875 8544 48a6 96dd f2cda4cd9982 (1)

7f055e67 5049 4b6e 848c a8b4b6709213

25235ba9 8961 49fb 99e0 f55e0a61445a (1)

5689dea2 fe83 4008 9831 74ed80a3588e (1)

 

Pontinha e Caieiras

É obrigatório o acompanhamento de um guia credenciado. Passa por algumas piscinas naturais e 2 km dessa trilha é sobre rochas vulcânicas, é a parte não critica, mas em geral a trilha é considerada dificuldade média.

 

Atalaia Longa

Passa pela piscina da Atalaia mais a Pontinha e Caieiras. Dura 5 horas e é necessário acompanhamento de um guia credenciado.

 

Morro São José

É uma ilha coladinha na ilha principal de Noronha. A trilha inicia na ponta Air France. Existem duas trilhas para o Morro São José: na maré baixa pode fazer a trilha a pé ou se a maré tiver alta, fazer a trilha a nado (nesse caso é obrigatório contratar o guia). Nós fizemos a pé, o trecho é curto mas passa por rochas vulcânicas bem escorregadias, em alguns trechos precisamos ir agachados, levamos cerca de 30 minutos. A super dica é ir com a sapatilha de neoprene, porque facilita bastante.

A atração principal do Morro São José é a piscina natural de água azul cristalina espetacular.

IMG 3646

 

Abreus

Não fizemos essa trilha, mas é necessário agendar também. Passa por algumas piscinas naturais e não é necessário contratar um guia, porém é aconselhável, já que passa por alguns trechos de pedra para acessar às piscinas.

 

Capim-Açu 

É a trilha mais demorada e com maior nível de dificuldade. É necessário a contratação de um guia.  Ao todo são 7 quilômetros, em forma de U, que é feita em seis horas de trekking pesado e com vistas dos mares de Dentro e de Fora, entre as praias do Sancho e a do Leão.

Dizem que tem vistas lindas da ilha, mas não tem nenhum ponto de mergulho. 

 

  • foto1
  • foto10
  • foto11
  • foto12
  • foto2
  • foto3
  • foto4
  • foto5
  • foto6
  • foto7
  • foto8
  • foto9
  • foto1
  • foto10
  • foto11
  • foto12
  • foto2
  • foto3
  • foto4
  • foto5
  • foto6
  • foto7
  • foto8
  • foto9

 

 

Dicas de Restaurantes 

 

Apesar de ser uma ilha pequena, Noronha tem uma variedade de restaurantes que não perdem nada para os de São Paulo ou do Rio. São tamtos restaurantes bons que não conseguimos conferir todos... rs.

Aqui vai alguns restaurantes que provamos e aprovamos:

Mergulhão

Fica na praia do Porto com uma vista espetacular do morro do Pico, excelente para tomar uns drinks vendo o pôr do sol e depois emendar num jantar maraaaa, com ambiente super convidativo. Os pratos são maravilhosos, especialidade da casa são frutos do mar. ($$$$)

IMG 3903

IMG 3909

IMG 3914

IMG 3915

Bar do Meio

Outro lugar excelente para assistir o pôr do sol. Fica na praia do Meio, do lado da praia da Conceição. Todos os dias no final da tarde rola música ao vivo. Tem excelentes pratos também. ($$$$)

IMG 3888

bar

IMG 3728

 

Xica da Silva

O restaurante que nós mais gostamos, fomos 4x. Todos os pratos são deliciosos e tem ótimo custo/benefício. Fica próximo da praça Flamboyant. E a noite enche bastante, se chegar depois das 19hs provável que tenha fila de espera. ($$$)

IMG 3071

IMG 3252

IMG 2595

IMG 3256

 

 

Varandas

O carro chefe é o Grelhado de frutos do mar, dizem que é de comer rezando. Mas como a gente não come, não pudemos avaliar... rsrs. Para quem gosta, sugiro que vá! Pedimos um peixe que estava ok, nada demais... Ambiente super aconchegante, qualquer drink que pedir vem com um recadinho super fofo, adorei o capricho! ($$$)

IMG 3518

 

Bar do Cachorro 

Na hora do pôr do sol rola música ao vivo e um saxofonista  que dá um show. A noite tem um forrozinho animado também. Não comemos por lá, mas dizem que tem pratos saborosos. ($$$)

 

Hamburgueria Gourmet

Fica na praça Flamboyant. Aprovamos o hambúrguer artesanal (R$35 qualquer hambúrguer) ($)

 IMG 2394

 

Onde se hospedar

 

Bom, a ilha tem hospedagens para todos os gostos e bolsos. Desde hostels a R$150 a diária até hotel mais luxuoso com diárias acima de R$5000. Então vou deixar aqui algumas opções que eu conheci.

 

Pousada Nascer do Sol

Ficamos nessa pousada, achei ótimo custo/benefício, bem localizada, fica a 10 minutos de caminhada da Vila dos Remédios, os ônibus passam na porta e tem mercadinhos em volta.  Os quartos são bem confortáveis, café da manhã excelente com bastante variedade e ainda tem um chá da tarde bem gostoso. 

Com relação ao custo, diria que é intermediária.

 

nasc

WhatsApp Image 2019 06 10 at 22.40.39

WhatsApp Image 2019 06 10 at 22.40.40

 

 Pousada Marina

Alguns amigos se hospedaram lá e gostaram bastante. Classifico no mesmo nível da Nascer do Sol. Fica próxima da praça Flamboyant.

 

Pousadas com mais estruturas 

 

Pousada Morena

Famosa pela piscina de borda infinita de frente para o morro do Pico. 

 

Pousada Maravilha

Uma das mais caras da ilha. Fica próxima da praia do Sueste, mais afastado do centrinho.

 

Pousadas mais econômicas

 

Casa Swell (hostel)

Ótimo pra quem quer economizar tanto na hospedagem quanto na alimentação, já que tem cozinha pra preparar alguma refeição. Fica na vila dos Trinta.

Essas são só algumas opções que nos conhecemos.  

 

Alguns Cuidados Importantes na Ilha

 

Sobre tubarões 

Noronha é um daqueles lugares com ecossistema bem equilibrado, e vida marinha riquíssima. Não há muitos casos de ataques de tubarão, claro que é preciso  tomar certos cuidados e saber  respeitar o habitat natural deles. É proibido tocá-los, persegui-los com “pau de selfie”, evitar nadar no meio de cardumes, o ideal é sempre manter uma distância. Em alguns lugares da ilha tem alertas sobre o horário que eles se aproximam da costa para se alimentar, antes das 9h e depois das 16hs. Então é bom evitar nadar nesse horário.

Ouvimos histórias de turistas que seguraram neles e levaram mordidas, surfistas que caíram em cima do tubarão e como toda ação tem uma reação, sua defesa é morder. Todos os casos registrados com tubarões não foram casos de ataques e sim de defesa do animal reagindo como qualquer outro que se sentir ameaçado. Por isso é importante respeitá-los.

IMG 2565

IMG 2566

 

 

 

 

   

QUANDO FOR VIAJAR RESERVE POR AQUI!

 

Você sabia que quando você faz uma reserva com um link aqui no blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não é cobrado a mais por isso e  ajuda o Comer Rezar Viajar a investir em suas redes sociais! 

 

  Passeios e ingressos: TourOn e Get Your Guide
   Chip Internacional: Easysim4you
  Hospedagem: Booking, AirBnB e Hoteis.com
  Seguro viagem: Real Seguro e Seguros Promo
   Passagens aéreas baratas: Passagens Promo
  Aluguel de carro: Rent Cars
  Dinheiro pro exterior: Transferwise

Comentário

  • Laizah Laizah Sexta, 10 Maio 2019

    Blog Mara, muitas indicações que serve pra vida.
    Ajuda bastante na hora da viagem!!!
    Continue viajando e ajudando todos nas viagens tbm.

    Beijos!!!

Deixe o seu comentário

Links Úteis

Termos e Condições

 

Redes Sociais

facebookinstagramyoutubepinterest

Facebook - Curta nossa página

Youtube - Inscreva-se

Top