All for Joomla All for Webmasters

Capri: Bate e volta partindo de Nápoles é possível?

09 Agosto 2019
(0 votos)
Autor :   Saulo Farias

Capri é uma das mais famosas ilhas italianas. Está localizada bem pertinho de Nápoles, possuindo uma geografia bem exótica. Capri também é conhecida pelos vilarejos tranquilos, pelos seus luxuosos hotéis nas encostas e pelos centros de compras sofisticados. Apesar de pequena, Capri tem uma dezena de lindos pontos turísticos e passeios. Mas é possível conhecer as belezas do lugar em um só dia? Sim, vamos contar nossas experiências nessa incrível ilha italiana.

Estávamos em Nápoles quando resolvemos fazer um bate e volta a ilha de Capri, que ficava no golfo próxima a costa da cidade. Tínhamos lido que esse trajeto era muito procurado, principalmente porque, na alta temporada, os preços da hospedagem na ilha eram salgados.

Então resolvemos acordar cedo e pegar um Tram (VLT) até o porto (Molo Beverello) e comprar os tickets do ferry que nos levaria para Capri. Os preços variam de acordo com a velocidade do ferry, o horário, dias da semana e temporada. No nosso caso, em um dia de semana de novembro, o valor do ferry saiu em torno de 20 euros ida e volta por pessoa. O trajeto nos ferrys mais lentos dura em torno de 1h e meia e nos mais rápidos 50 min. 

Se você acordar bem cedo e pegar os 1os horários do ferrys, saindo o mais tarde possível da ilha, conseguirá visitar todos os pontos turísticos. É um pouco corrido, sim, é, mas para quem tem pouco tempo na região vale a pena o roteiro.

#DICA: O mar do golfo de Nápoles é bem agitado e muitas pessoas enjoam, até mesmo os mais acostumados. Para evitar esse transtorno aconselhamos escolher os assentos posteriores do barco (popa).

Chegando no porto de Nápoles você já começa a entender as razões para a Ilha ser considerada uma das mais bonitas do Mediterrâneo. O porto fica na base de uma encosta, cheia de construções charmosas e estradinhas recortando as rochas. O porto tem uma pequena praia de águas azul turqueza e restaurantes de comida mediterânea. Porém, as atrações da ilha estão mais acima, em Anacapri.

0000523400005239

Para chegar em Anacapri você pode ir de funicular, de táxi ou caminhando pelas escadarias e estradinhas. Fizemos o 1o trecho de funicular e depois fomos caminhando. É em Anacapri que fica o centrinho da ilha com várias lijas sofisticadas, restaurantes e hotéis. Aproveitamos todo esse trajeto para ir percorrendo as vielas, estradinhas e pequenas avenidas da cidadela, apreciando o ar bucólico e cotidiano dos moradores da região.

0000532300005337

 

No centrinho, de frente para a baia de Nápoles fica a Piazza Umberto I, conhecida pelos turistas como a La Piazzetta (pequena praça), a praça mais charmosa de Capri. Em torno dela estão vários restaurantes que servem as especialidaes da região, que não preciso dizer, se remetem a culinária mediterrânea e italiana.

00012233

Na Piazzetta se encontram a banca de jornal da cidade e o pequeno escritório de informações turísticas, a Azienda del Turismo. De um lado da Piazzetta, em frente a escadaria, está a sede do Município. Mas os protagonistas do lugar são certamente os bares, um em cada canto da praça, com as pequenas mesinhas de vime.

00012394

É também na piazzetta se sentam todos para um café, um aperitivo, um cocktail depois do jantar, para bater papo, para apreciar a paisagem.

00005354

 

Monte Solaro

Do monte Solaro certamente você terá o panorama mais bonito de Capri. La está o ponto mais alto da ilha, a 589 metros acima do nível do mar. Do alto pode-se ver toda a ilha de Capri, em frente o Vesúvio, o Golfo de Nápoles e a Península Sorrentina, lá no fundo as montanhas da Calábria, os Apeninos e a Costa Amalfitana com as ilhotas dos Galli.

0000526100012302

00005291

Como chegar no Monte Solaro

O modo mais rápido é subir pelo teleférico: em apenas 12 minutos você chega lá no alto. O teleférico parte da praça Vittoria de Anacapri.

0000531600005252

O ônibus de Capri pára a poucos metros da entrada do teleférico. O ponto é próximo a uma pequena praça, de lá basta subir as escadarias que estão na sua frente. Quem tiver no pique pode também fazer o percurso a pé levando mais ou menos uma hora e meia.

00005339

A Cetrella

A área de Cetrella é constituída pela pequena igreja de Santa Maria de Cetrella, uma torre, a sacristia e uma pequena cúpula que foi adicionada no século XVII. Era um lugar para retiro espiritual, alí moraram os eremitas que pertenciam a ordem dos Franciscanos e dos Dominicanos. No complexo existem algumas celas, uma ampla e bem equipada cozinha, banheiros e um horto. Na Igreja de Santa Maria de Cetrella existe uma capela e, continuando em frente, é possível visitar os diversos lugares. No fundo tem uma saída que dá em um terraço coberto por uma deliciosa pérgula, com banquinhos e uma mesa comprida de madeira rústica.

A Gruta Azul

A Gruta Azul é um dos principais passeios de Capri. No dia que estivemos na ilha não foi possível visitá-la, pois o tempo não estava propício para passeios de barco. A Gruta Azul é uma cavidade natural com aproximadamente 60 metros de comprimento e 25 de largura. A entrada é de apenas 1 metro de altura e 2 de largura por isso o único modo de entrar é utilizando pequenos barcos a remo, que podem conter no máximo 4 pessoas. Perto da entrada da gruta, o marinheiro pedirá que você deite no fundo do barco e entrará na gruta pegando impulso em uma corrente presa nas rochas.

gruta azul 2

Créditos: Capri.com

Como chegar na entrada da Gruta Azul?

 

  • De barco compartilhado: no porto de Marina Grande você encontra as bilheterias de Motoscafisti e Laser Capri que organizam passeios ao redor de Capri e transfer até a Gruta Azul. Se você optar pelo pacote "Passeio ao redor da ilha + parada na Gruta" o barco vai te levar para fazer um passeio pelo litoral de Capri com direito a parada na frente da entrada da gruta. Aqui você terá que trocar de barco: é hora de subir em um pequeno barquinho a remo para visitar a famosa gruta azul.
  • De barco particular: se você tem um barco é possível atracar nos arredores (onde estão as bóias) e fazer sinal para um barqueiro vir te buscar com seu barco a remo. Você pode optar também pelo aluguel de um barco particular com marinheiro em Marina Grande. O gozzo, um barco típico local, tem capacidade para até 7 pessoas (mas existem modelos maiores) e o custo para 2 horas é a partir de 150 euros.
  • A pé: no centro de Anacapri, pegue a Via Pagliaro e depois siga pela Via Grotta Azzurra (3.5 km). Existe também um serviço de ônibus que parte da Piazza della Pace. Saindo do terminal de ônibus, você encontra uma escadaria que desce até o mar e onde tem a fila para subir nos barquinhos. Ao lado da escadaria existe um pequeno bar (aberto apenas no verão) que vende bebidas, lanches e lembranças.

Qual a melhor hora para visitar a Gruta Azul?

 

O melhor horário para visitar a Gruta é entre meio dia e 2 da tarde: nessa hora os reflexos da gruta são mais brilhantes. No entanto, a diferença em relação ao início da manhã é mínima. Nós não recomendamos visitar a gruta em dias muito nublados (sem o sol os reflexos são leves). À tarde as filas são menores, mas depois das 15:00 o mar costuma ficar agitado e o serviço de visitas pode ser suspenso.

   

Gostou das nossas sugestões? Sigam-nos nas nossas demais redes sociais e esteja por dentro das novidades!

Instagram: @comerrezarviajar

Canal do Youtube: comerrezarviajar

Facebook: Comer Rezar Viajar

Deixe o seu comentário

Links Úteis

Termos e Condições

 

Redes Sociais

facebookinstagramyoutubepinterest

Facebook - Curta nossa página

Youtube - Inscreva-se

Top